sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O Amor Atitude

Este texto é essência de parte dos artigos que venho escrevendo durante esta semana para a internet e gostaria de dividir a mensagem, implícita, com vocês.

A vida, que é absolutamente dadivosa, tem me ofertado - assim como oferta outras milhares de oportunidades a cada pessoa neste mundão - muitas chances de proferir palestras e aulas podendo falar também de amor, durante o processo de motivação, no início e fim de cada evento. Falo sempre da importância de amar-se, respeitar-se e cuidar do desenvolvimento pessoal nos campos físico e espiritual, antes de buscar as informações e o conhecimento no estudo acadêmico e nas ciências. Só que o amor que procuro manter vivo a cada segundo de convivência não é, prioritariamente, o AMOR EMOÇÃO - como a maioria das pessoas assimila em um primeiro momento, mas sim, o AMOR ATITUDE. O amor que diz que devemos ser pacientes, compreensivos, tolerantes e pacíficos em nossos julgamentos diários da convivência com outros seres, salientando também que podemos estar no lugar deles em algum momento de nossas existências, dado que somos todos, ainda, imperfeitos e inacabados para a grande Obra Divina. O amor atitude diz que não se deve escolher amar só quem gostamos, mas, principalmente os nossos "inimigos", dando seguimento aos ensinamentos do Cristo, expressos nos livros do novo testamento, e que foram originalmente multiplicados a partir do grego. Por coincidência, estou relendo (desta vez utilizando-me de uma ótica diferente), um livro maravilhoso de 1998, emprestado por uma amiga muito querida do nosso convívio. Este livro (o monge e o executivo) fala com profundidade sobre este tipo de amor, que é o Amor Ágape. Um assunto tão vasto como a própria história da vida de cada um de nós e, portanto, impossível de ser esgotado em sua própria essência no tempo limitado que temos neste mundo. Como a minha idéia aqui, mais uma vez, é apenas plantar um ponto extra de reflexão, encerro minha escrita, deixando-lhes a pesquisa de alguns links: 
http://www.google.com.br/#hl=pt-BR&q=amor+agape&aq=f&aqi=g10&aql=&oq=&gs_rfai=&fp=1&cad=b
para uma possível leitura sua, neste tempo ou em anos vindouros.
Aproveito para dividir com vocês o link do livro A CABANA:
http://i.s8.com.br/images/manuais/books/21407611.pdf
Este livro tem uma leitura densa, profundamente emocional e que nos remete a uma reflexão dolorosa - por ter poder transformador. 
Desejo a todos uma belíssima sexta-feira e um fim de semana em paz, em família.  
Carpe Diem!

Um comentário:

Michelle M. Cardoso disse...

Realmente, faz a gente pensar em coitas importantes, como ser mais coerente com nossas atitudes, sentimentos, crença, e nossa razão. Mas nos faz pensar e molhorar as nossas ferramentas para realmente conseguir ser coerente. E acho que esse amor atitude pode ajudar muito.
Muito bom.

Celular em Sala de Aula

Celulares podem se tornar grandes aliados na educação do século XXI Tecnologias Móveis em Sala de Aula